A nova temporada de Nocturnus está de regresso a Sintra, depois de todas as sessões esgotadas durante o mês de Julho, o espetáculo continuará em cena até dia 7 de setembro, às sextas e sábados às 23h59, exceto dia 17 agosto que será substituído por dia 14 agosto. 

Nocturnus é uma criação original que pretende explorar e fundir o universo literário de Edgar Allan Poe, com o cenário esotérico da Quinta da Regaleira, uma divertida incursão poética, aos ambientes românticos da sua obra literária, que serviram de inspiração à criação de contos fantásticos, completamente improvisados e efémeros como a noite. 

“Tudo o que vemos ou parecemos, não passa de um sonho dentro de um sonho.” EDGAR ALLAN POE 

Os últimos dias de vida de Edgar Allan Poe, estão envoltos em mistério. Após ter desaparecido, em circunstâncias ainda por explicar, Poe é encontrado a vaguear na rua, completamente fora de si e em estado de choque. As horas que antecederam a sua morte, foram passadas em delírio mental e profunda loucura. Ainda hoje se procuram respostas, sobre onde terá estado e o que terá visto, durante a sua enigmática ausência.

Nocturnus, propõe levar o público numa viagem onírica, ao sombrio universo do escritor norte-americano e através do seu próprio olhar, desvendar finalmente este segredo.

Será que Poe, se perdeu no escuro? Ou foi a escuridão, que se perdeu em Poe?

Este espetáculo é uma co-produção dos Instantâneos com a Fundação CulturSintra.

Os Instantâneos, nascem em 2012 e são hoje uma das referências da improvisação teatral em Portugal. Para além da conceção de diversos espetáculos originais, são também os criadores do Espontâneo, que é o único festival internacional de improvisação, em território nacional que acontece desde à 8 anos.

 

FICHA ARTÍSTICA E TÉCNICA

Direção Artística: Marco Graça

Elenco: Marco Graça, Marco Martin, Nuno Fradique, Ricardo Soares, Rute Lizardo

Bailarina: Cecília Hudec

Participação especial: Beatriz Frazão

Música: Glauco César Segundo

Direção de arte, figurinos e adereços: João Pedro Frazão

Direção técnica e desenho de luz: Nuno Gomes

Grafismo: Pedro Marques – Pamcreas

Videographer: Ricardo Reis

Produção: Instantâneos, David Barras, Ricardo Soares

Promotor: Fundação Cultursintra FP

IR PARA O TOPO